RECONHECIMENTO:
“TEOLOGÍA MIGRANTE EM AÇÃO”

II Edição - 2021 

Honramos as boas práticas de atendimento integral e incentivamos o trabalho de acompanhamento de migrantes, refugiados e repatriados em tempos de pandemia.

 

APRESENTAÇÃO

Nos últimos anos, a América Latina e o Caribe testemunharam um aumento no número de pessoas - incluindo crianças desacompanhadas - deixando seus países de origem em busca de uma vida digna e segura. Esta onda migratória gerou tensões e preocupações tanto nos países de trânsito como de destino, o que resultou no aumento da xenofobia, do racismo e aumentou a vulnerabilidade dos migrantes e refugiados durante a pandemia, que foram estigmatizados como "Portadores do vírus". Neste contexto de expansão do vírus, colapso dos sistemas de saúde, quarentenas, fechamento de fronteiras e estradas, crise econômica e falta de empregos formais e informais, o trabalho de muitas igrejas e organizações cristãs para atender, proteger, influenciar e integrar os migrantes, refugiados e repatriados vulneráveis ​​durante a pandemia, tem sido um exemplo de amor, solidariedade, misericórdia e desapego.

 

A campanha “Como Nascido Entre Nós” reúne mais de 80 igrejas e organizações cristãs com alcance e representação na América Latina e no Caribe e seu objetivo é: “encorajar as comunidades de fé da América Latina a agirem diante do atual migratório crise, inspirada no modelo de Jesus, tornando-se comunidades de acolhimento e defesa dos direitos dos migrantes ”. Esta campanha tem um interesse particular em incentivar a população da América Latina e do Caribe a realizar ações concretas para atender, proteger e promover os direitos dos migrantes e / ou repatriados. Por isso, em comemoração ao Dia Internacional do Migrante, no dia 18 de dezembro, anunciamos a segunda edição do reconhecimento “Teologia do Migrante em Ação”.

 

O que procuramos? 

"Teologia migrante em ação - II Edição" é um reconhecimento das boas práticas de igrejas, comunidades religiosas, organizações e coalizões cristãs no cuidado, proteção, defesa e integração de migrantes vulneráveis, refugiados e / ou repatriados no contexto da pandemia, crise política, econômica e social em nossos países.

 

Por que fazemos isso?

  “A rendição sem reflexão é fanatismo, mas a reflexão sem rendição é a paralisia de toda ação” (Juan A. Mackay, 1889-1983).

 

Procuramos reconhecer a interação entre teologia, fé e práxis; e como as ações de assistência humanitária, proteção, incidência e integração de migrantes vulneráveis, refugiados e / ou repatriados se desenvolvem a partir da reflexão teológica bíblica.

BASES PARA O RECONHECIMENTO 

 Quem pode participar?

  • Atores eclesiásticos

  • Igrejas,

  • Comunidades de fé,

  • Organizações cristãs

  • Coalizões cristãs

Todos devem estar envolvidos no acompanhamento, seja ajuda humanitária, proteção, defesa, advocacy, integração de migrantes e refugiados durante o contexto da pandemia de janeiro a outubro de 2021.

 

O que as experiências a serem compartilhadas devem refletir?

  1. Relação reflexão-ação (base bíblica, interpretação e implicações missionais)

  2. Boas práticas e expressões de solidariedade no meio da pandemia (o que funcionou, deu bons resultados e por isso é recomendado)

  3. Advocacy - defesa de direitos e melhoria das condições de vida (trabalho com outros atores e advocacy com tomadores de decisão para defender os direitos do grupo vulnerável)

 

Como se inscrever para a premiação?

Para compartilhar suas experiências e boas práticas, você deverá se inscrever no seguinte link: https://forms.gle/2yzDnPYac9E6cgAB6

Ao se inscrever, você deve incluir as seguintes informações em um único documento de PDF:

  1. Breve base bíblica que explica suas ações e o processo que seguiram para isso. (Máximo 100 palavras)

  2. Em que consistiu a experiência de acompanhar migrantes, refugiados ou repatriados? (Máximo 200 palavras)

  3. Detalhe as lições aprendidas (Máximo 100 palavras)

  4. Detalhe as boas práticas que podem ser aplicadas a outras igrejas / comunidades religiosas / missões / organizações cristãs (Máximo 100 palavras)

  5. Detalhe a atividade de Natal - se houver - que eles planejam realizar junto com os migrantes, refugiados e repatriados. O que é e quando será. (Máximo 200 palavras)

  6. Inclua no máximo 5 fotografias que reflitam o trabalho realizado. Cerca de:

  • Fotografias que refletem ações positivas e solidárias em prol do cuidado, proteção, defesa, incidência e integração de migrantes, refugiados e repatriados em meio à pandemia.

  • Fotografias originais da obra que pretendem reconhecer e cuja autoria pertence à pessoa ou pessoas que fazem parte da experiência.

  • Fotografias que contenham o consentimento das pessoas incluídas e que possam ser utilizadas nas redes sociais.

  • Enviado em formato JPG, PNG ou RAW

  • Não esteja desfocada.

  • Anexe informações que explique cada fotografia.


Premiação especial 

A Campanha concederá uma premiação especial de US $ 1.000,00 a 5 (cinco) experiências que tenham planejado atividades de Natal criativas e mobilizadoras planejadas em conjunto com migrantes, refugiados e repatriados. Distribuído da seguinte forma:

  • 2 premiações para a América do Sul

  • 2 premiações para a  América Central e México

  • 1 premiação por ser a mais votada nas redes sociais da Campanha

 

O valor destinado ao vencedor é um pequeno subsídio  que deverá ser obtido por meio de um relatório e um processo administrativo.

** Se a experiência com mais votos nas redes sociais também for uma das experiências escolhidas pelos Juízes como vencedora, o prémio será atribuído à próxima experiência com mais votos nas redes sociais.

 

Cronograma

 

 

Termos e condições de entrega das premiações

** As propostas vencedoras de Distinções Especiais devem passar por um processo administrativo com a Tearfund, entidade por trás da Campanha, que consiste na assinatura do contrato, um breve treinamento sobre safeguarding e envio de dados bancários (próprios ou designados), como preliminar passo para receber seu prêmio.

A contribuição recebida será entregue através de dois pagamentos e antes da entrega do formulário de “Preenchimento”: 50% no início e 50% no final da atividade.

O valor de US $ 1.000 não inclui despesas tributárias.

 

Jurados: 

Alexis Pacheco- Diretor do escritório da Tearfund para a América Central

Lizette Miranda- Diretora do Comitê Central Menonita para a América Central e o Haiti

Alfredo Mosquera- Coordenador do Centro de Atenção ao Migrante, Arquidiocese de Cali. Líder da Mesa Redonda Inter-religiosa pela Solidariedade ao Migrante em Cali

Alfonso Wieland- Diretor da Paz e Esperança Peru e Coordenador da Fraternidade Paz e Esperança da América Latina e Caribe

María Alejandra Andrade - Líder global de teologia e alianças estratégicas da Tearfund

 

América Latina e Caribe, 5 de novembro de 2021

 

Captura de pantalla 2021-11-09 a la(s) 14.13.26.png